Novas Regras FIES 2020: O que mudou na inscrição FIES?

Todos os candidatos que desejam participar do Financiamento Estudantil, precisam conhecer as novas regras FIES 2020. É de extrema importância ficar por dentro das novas regras FIES 2020, porque através delas você saberá se irá conseguir o financiamento. Separamos as melhores informações para te ajudar a entender como tudo funciona, continue lendo o artigo.

Novas regras FIES 2020

Novas regras FIES 2020

FIES 2020

É interessante que o candidato entenda, que as novas regras FIES 2020 foram criadas, para facilitar o ingresso dos alunos de baixa renda, em uma faculdade.

✓ Veja como fazer transferência FIES 2020

O mesmo poderá estudar, terminar o curso e só depois, ir quitando o valor da faculdade a qual foi financiada. Terá juros menores, não será pesado o valor a ser pago.


Novas regras FIES 2020

Ao longo do tempo o programa vem se alterando, as novas regras FIES 2020 são mudanças que foram feitas, a respeito das taxas de juros.

Ao participar do programa de financiamento, o aluno deverá pagar uma porcentagem. O mesmo também poderá definir, o período de carência.

O Programa de Financiamento – FIES, tem umas das taxas de juros mais baixas do mercado, por isso muitos alunos preferem escolhe-lo.

Durante todo o curso, o aluno ter os períodos de amortização dessa taxa de juros, isso acontece a cada 3 meses.

Como funciona a taxa de amortização FIES 2020?

O aluno precisa entender como funciona esse processo das novas regras FIES 2020. Porém antes ele precisa entender, como funciona a taxa de amortização FIES 2020.

Entenda como funciona, a taxa de amortização:

  • O aluno deverá multiplicar por 03 o período de duração do curso;
  • Caso o curso tenha duração de 5 anos, o mesmo deverá multiplicar 4×3;
  • O resultado da multiplicação corresponderá ao tempo, ou seja, anos que o financiamento do aluno será dividido.

Inscrições FIES 2020

O participante precisa ter alguns requisitos básicos, para realizar as inscrições FIES 2020. É interessante que o mesmo saiba quais são esses requisitos, veja a seguir:

  • O candidato precisa ter realizado, alguma edição do Enem,  a partir de 2010;
  • O candidato precisa ter alcançado a média no Enem 450 pontos, ou mais em todas as 4 áreas do exame;
  • O candidato não pode ter zerado a redação no ENEM;
  • O candidato precisa ter renda familiar mensal bruta, até 5 salários mínimos, caso o mesmo escolha outra categoria, pode ir até 3 salários mínimos.

Mudança FIES 2020

O aluno interessado em participar do programa, precisa estar por dentro das mudanças nas novas regras FIES 2020. O FIES 2020, busca promover á inclusão social.

Os estudantes que estão em um novo curso de graduação, ou seja, que já se formou em algum curso na universidade, ele também poderá participar do FIES. Porém o mesmo deve estar ciente, de todos os requisitos que é cobrado pelo programa.

✓ Conheça os documentos necessários FIES 2020

O candidato deve saber que um dos critérios utilizados pelo FIES, para a selecionar os alunos que receberão o financiamento, é voltado a renda familiar do mesmo.

Antes das mudanças surgirem, a renda bruta mensal por cada pessoa deveria ser de até 2,5 salários mínimos. Mas, este critério foi modificado.

Agora os alunos que podem realizar a sua inscrição FIES 2020, serão todos aqueles que possuem renda de até 03 salários mínimos. Além dessa novidade, o FIES tem como prioridade as regiões pequenas, mais necessitadas.

As novas vagas são distribuídas por novos critérios, são eles:

  • A demanda do Ensino Superior;
  • Financiamento estudantil;
  • IDH – Índice de Desenvolvimento Humano, de cada município.

Dúvidas sobre as novas regras FIES 2020

Caso o candidato esteja com alguma dúvida, o mesmo poderá esclarecê-la, através dos contatos:

Avalie este artigo

Avaliação média: 5
Total de Votos: 6

Novas Regras FIES 2020: O que mudou na inscrição FIES?